Quero alugar meu primeiro apartamento.

E agora?!

Escolher a sua nova morada pode ser bem mais complicado do que parece. Visitas às imobiliárias, chaves, locais, tempo perdido. Vou registrar aqui algumas coisas que aprendi serem de extrema importância quando se vai procurar um apartamento para alugar – palavra de quem já se mudou um bocado nesses últimos anos e já cometeu alguns erros!

1 – Quanto você pode pagar em aluguel E condomínio?
Quando estiver escolhendo o apartamento na lista de possibilidades disponíveis da imobiliária, nunca esqueça de ver o valor do condomínio do prédio e somar isso ao aluguel para saber quanto você vai gastar por mês. Se você já morou sozinho, deve ter mais ou menos uma ideia de quanto gasta também em luz/água/telefone/outras contas, e isso tudo também deve ser somado. Mas se você está saindo da casa da família pela primeira vez, pense que ainda existem essas contas a serem consideradas!

2 – Localização: Custo x benefício
Se você tem carro, escolher um apartamento mais afastado do trabalho/faculdade e de mercados, farmácias e afins não é grandes problemas. Mas se você está a pé, leve em consideração que estar perto de, pelo menos, um ponto de ônibus e um bom mercado/super mercado é uma mão na roda. Morar mais afastado é silencioso, mas você vai lembrar disso quando estiver voltando tarde da noite para casa sozinho.

3 – Posição do sol
Não, isso não é uma dica de astronomia. Procure ver quando o sol bate no seu apartamento, em que direção, e em que horários. Se o apartamento fica em um angulo em que o sol quase nunca entra, ele pode ser úmido e você terá sérios problemas com mofo. Se ele entra direto na sala durante a tarde, você vai precisar estudar onde colocar sua TV.

4 – Ventilação
Se você está entre um apartamento que fica no meio do prédio e um que fica de esquina, escolha o de esquina. Os apartamentos que ficam no meio do andar do prédio sofrem de pouca ventilação, pois a brisa não consegue correr de uma janela para outra. Nesse caso, o apartamento pode ficar muito quente no verão.

5 – Elétrica
Se você tem (ou pretende ter) muitos aparelhos eltrônicos, eletrodomésticos, computadores, etc, é importante se informar de como anda a fiação do apartamento. Prédio mais antigos sào lindos, altos, espaçosos, mas normalmente tem fiação precária. Se você ligar todos os aparelhos na única tomada da sala, corre o risco de perder todos eles de uma só vez.

6 – Piso
O apartamento é lindo, ótima localização, super amplo e cabe no bolso. Beleza, mas o chão é de carpet. Se Você é guerreiro e gosta de uma boa faxina, ou se pode pagar uma diarista/empregada, beleza! Se não, fique avisado que carpet no chão dá bastante trabalho – fora que você não poderá ter bichinhos de estimação peludos e nem ser alérgico a poeira.
Pisos de madeira laminada são lindos, mas são fáceis de riscar, e você vai precisar das explicações à imobiliária quando for devolver o apartamento.
Melhor opçào são os pisos de pedra (azuleiros, porcelanato, etc). Facílimos de manter limpos, qualquer paninho úmido resolve.

7 – Acústica
Isso é uma dica para avaliar muito mais você do que o seu apartamento novo:  Se você é muito barulhento (fala alto, gosta de ouvir a TV no volume alto, toca algum instrumento, essas coisas) é bom ver se as paredes do seu apartamento são grossas/sólidas o bastante para você não se incomodar. Já morei em um apartamento onde as paredes e portas eram tão finas que nem privacidade no banheiro eu tinha!
Se você é mais do tipo quieto, beleza, mas lembre-se que os seus vizinhos podem não ser, e você pode acabar ouvindo tudo que é tipo de conversa (entre outras coisas) a noite…

Esses são os principais pontos. Outras coisas como o estado do apartamento, o andar, a vista, garagem, fica tudo a cargo das suas opiniões pessoais, então nem vou tocar nesses assuntos. 😉

E não esqueça de convidar os amigos pra estrear o aparamento quando estiver tudo organizado!

Shampoo

30 anos, Ilustradora e publicitária. Tem o blog www.shampoo.art.br desde 2000 com ilustrações e assuntos relacionados. Já trabalhou com quase todos os estilos de criação comercial (webdesign, direção de arte, design, moda, estamparia, quadrinhos, etc.). Já estudou japonês, coleciona bonecas Blythe, fotografa por hobby, saiu da casa da mãe em Porto Alegre/RS para começar uma vida a dois em Blumenau/SC. Hoje é diretora de arte da Brava Propaganda (www.bravapropaganda.com.br) onde cuida de vários clientes da região do vale do Itajaí com criação, ilustrações e webdesign. É casada há 9 anos e descobre uma nova maneira de facilitar a vida a cada dia.

5 comentários em “Quero alugar meu primeiro apartamento.

  • 1 de fevereiro de 2011 a 14:33
    Permalink

    Boas dicas, posição do sol e acústica, sem dúvida, são pontos essenciais que devem ser observados, porém, poucas pessoas levam em consideração na hora de escolher o novo lar. É triste acordar no domingo, muitas vezes o único dia de descanso, já sentindo o calor e aquele sol batendo direto no seu rosto.
    Belo post.

    Responder
  • 11 de janeiro de 2012 a 9:05
    Permalink

    Nossa, boas dicas! Eu aluguei um apartamento e ele é MUITO abafado!! Muito quente! Não sei mais o que fazer….

    Ele é no ultimo andar(3º) e é de canto… E é muitooo abafado…
    O piso é ardosia…. E as paredes com cores bem fortes… A da sala é ROSA/Vermelho e os quartos são Verdes….

    Perguntei hoje para minha vizinha se o apartamento dela tbm era quente e ela disse que não, que era bem fresco =/

    Não sei mais o que fazer e tenho contrato por um longo tempo ainda!

    Responder
  • 2 de fevereiro de 2015 a 16:39
    Permalink

    Me ferrei nos quesitos sol e parte elétrica, pois como era na planta, não sabia que o imóvel pegava muuito sol e que, se eu mexer na parte elétrica (instalar novos pontos de luz, etc) perco a garantia do apartamento.
    Por isso recomendo ter uma conversa franca com a imobiliária que estiver te atendendo, para não ter dor de cabeça!
    O corretor precisa ser confiável como um melhor amigo!
    Em Campo GRande, indico http://www.financial.com.br/imoveis/

    Responder
  • 2 de março de 2015 a 15:21
    Permalink

    Encontrar um apartamento que realmente vale a pena leva tempo. Boas Dicas!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *